Mostrando postagens com marcador Marrocos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Marrocos. Mostrar todas as postagens

Marrakech, Marrocos | Dicas de viagem, entre os melhores destinos de turismo, destacando o Jardim Majorelle, museu Bérbere, dança do ventre, restaurantes e mais

Marrakech, Marrocos

Visitando o Jardim de Menara, o Congresso, o Teatro Real, a bela Estação de Trens, o Jardim Majorelle de Yves Saint Laurent, o Museu Bérbere, as Muralhas de Marrakech e assistindo a dança do ventre e experimentando a culinária marroquina no Comptoir Darna Marrakech

Marrakech - Marrocos
Muralhas de Marrakech
Em Marrakech, próximo ao aeroporto, encontra-se o Jardim de Menara, um pomar existente desde 1.130. No século XVI construiu-se o Pavilhão de Menara, cujo nome deriva do seu teto piramidal esverdeado. Ao fundo, se o clima ajudar, você poderá ver o Alto Atlas, dando um visual sensacional. Por lá ficam alguns camelos, exclusivamente para fotos com turistas. A estratégia para o preço é a mesma, pois o preço inicial é absurdo.


Clique no mapa (Mais opções) para ampliar e ver os pontos em destaque neste post

Marrakech - Marrocos
Pavilhão do Jardim de Menara
Photo of wwwmadeinmarrakechcouk
Foto do mesmo Jardim de Menara sem os efeitos da tempestade de areia
Aqui já não se via o Alto Atlas por causa do prenúncio da tempestade de areia que estava vindo.
Camelos no Jardim de Menara e as oliveiras nas laterais
Marrakech - Marrocos
Vista do minarete da mesquita Koutoubia do Jardim de Menara
Na direção norte, chega-se à parte nova da cidade, passando pelo Parlamento (o Marrocos é uma monarquia), até o Teatro Real e a belíssima estação de trens. Ao contrário da Medina, desse lado da cidade se vê planejamento urbano, avenidas e ruas largas, arborizadas, parece mesmo outra cidade.

Marrakech - Marrocos
Parlamento
Marrakech - Marrocos
Estação de trens
Marrakech - Marrocos
Estação de trens
Marrakech - Marrocos
Estação de trens
Marrakech - Marrocos
Teatro Real
Marrakech - Marrocos
Parte nova da cidade de Marrakech
Depois, uns 2,5km mais ao centro-norte está o Jardin Majorelle. Foi criado em 1931 pelo pintor francês Jacques Majorelle e depois, 1980, comprado por Yves Saint-Laurent e Pierre Bergé e hoje pertence à Fundação Pierre Bergé - Yves Saint-Laurent. Abriga um belo jardim típico e o Museu Bérbere. Um oásis, bem bacana.

Marrakech - Marrocos

Marrakech - Marrocos


Marrakech - Marrocos

Foto de wwwkeyword-suggestionscom

Foto de frwikipediaorg

Foto de frwikipediaorg

Foto de frwikipediaorg

Marrakech - Marrocos
Museu Bérbere
Nas proximidades do Jardin Majorelle encontra-se uma das bonitas partes da Muralha que cerca a cidade antiga.

Muralhas de Marrakech - Marrocos
Muralhas de Marrakesh
Claro, quem visita Marrakech não pode deixar de ver um show de dança do ventre. Seguindo dicas que recebemos, unimos o útil ao agradável e fomos ver o show no Comptoir Darna Marrakech. Imperdível. Excelente comida típica e a dança do ventre formaram uma combinação que recomendamos. Ah, o cordeiro, o cuscus marroquino e o sorvete de rosas são simplesmente demais. O melhor carneiro que já comemos até hoje, inigualável.

Marrakech - Marrocos
Dança do ventre no Comptoir Darna Marrakech
Marrakech - Marrocos
Comida excelente no Comptoir

Há também os passeios no Deserto do Saara e no Alto Atlas. Não podemos emitir aqui juízo de valor porque não foi possível fazê-los em virtude de ter ocorrido uma tempestade de areia no dia programado. Então, só nos resta indicar o que havíamos programado, e claro, voltar um dia para conferir o que faltou. Portanto, quem quiser escolher um programa desses, recomendamos consultar as indicações dos próprios turistas no Tripadvisor.

Marrakech - Marrocos
Tempestade de areia chegando
Para visitar Marrakech, a sugestão é para 2 ou 3 dias, conforme seu estilo mais rápido ou mais tranquilo de viajar. Para os passeios no deserto e no Alto Atlas, mais 2 ou 4 dias, se quiser dormir ou não fora da cidade.

Só depois da nossa viagem é que conhecemos o MARROCOS.COM. É um pessoal especializado em passeios pelo Marrocos, com várias opções, muitos guiados e são portugueses. Numa próxima viagem, seguramente faremos uma consulta com eles para otimizar os passeios. Fica a sugestão.
Marrakech deixou-nos uma impressão única. Experimentar os costumes e as belezas desse país árabe é algo que todo amante das viagens precisa vivenciar. Então, arrume as malas e divirta-se.

Maʿa s-salamah (Tchau)

Veja também   

 Como chegar, onde ficar, Riad Nasreen, Jemaa El-Fna, Souk, Koutoubia e mais

 Medersa Ben Youssef, Museu de Marrakech, Palais Bahia, Jardins Menara e Majorelle e mais



Se Virando em Árabe | Dicas de viagem, com dicas da língua árabe que podem facilitar sua viagem

Se Virando em Árabe

Para quem tem vontade de conhecer algum país árabe e tem medo das dificuldades de comunicação.


Photo from egypt-merl wwwpbsorg

Árabe é uma língua muito difícil e diferente para nós, e pode inibir os viajantes que pretendam conhecer os países árabes.



A sonoridade dela chega a chocar os nossos ouvidos, de tão distinta para o nosso padrão.
Naquela situação típica em que você escuta dois árabes conversando e tenta entender alguma coisa, pode ser desesperadora. Você, provavelmente, não vai entender nada. Quer experimentar? Clique no vídeo abaixo.


Conseguiu?

Pior quando a gente tentar ler algo. Parecem fleurons, desenhos, e ainda são escritos da direita para a esquerda, ou seja, no sentido contrário ao nosso. Se isso não bastasse, uma letra árabe tem 3 grafias diferentes a depender de estarem no início, meio, ou fim da palavra. Quando se pega um jornal e tenta entender alguma coisa, você percebe a dificuldade do analfabeto. Experimente novamente.
Árabe
E aí? Assusta?

Para piorar, se você quiser rodar pelos países árabes, vai perceber diferenças entre o sotaque e as formas coloquiais de usar a língua. São 22 países que têm o árabe como língua oficial. É falado por mais de 280 milhões de pessoas e é a língua litúrgica do islamismo, pois o Alcorão foi escrito em árabe.
Países de língua árabe
Os países de língua oficial árabe são: Argélia, Bahrein, Comoros, Chade, Djibuti, Egito, Eritreia, Iraque, Israel, Jordânia, Kuwait, Líbano, Líbia, Mauritânia, Marrocos, Omã, Palestina, Qatar, Saara Ocidental, Arábia Saudita, Somália, Sudão, Síria, Tunísia, Emirados Árabes Unidos, Iêmen.

Foto de egyptlastminutecom

Saindo das rotas turísticas, é raro encontrar alguém que fale outra língua além do árabe. E se você pensa que basta não sair do roteiro, pode se dar mal. Um descuido, um momento de distração e você pode se ver perdido em alguma das milhares de ruelas que existem pelas cidades do mundo árabe. Isso já aconteceu conosco. Por isso, sugerimos que você aprenda alguma coisa em árabe. Não é preciso muito, mas se não quiser se complicar, é bom saber o basicão.

No árabe, não dá certo contar com aquelas palavras úteis para viajantes e que são meio que internacionais, pois são bem diferentes. As únicas semelhanças com o português ou inglês que nos lembramos são o chá (tchay), ônibus (bus, como inglês), táxi (taxi).

Foto de Sahara Ralph A. Ledergerber

Pois bem, então segue um link de palavras e frases básicas em árabe, ou um cursinho rápido gratuito.
Se você achar demais, talvez saber que você será muito mais cordialmente tratado se falar algumas palavras em árabe, pois eles vibram quando você fala um simples "bom dia" (ṣabāha l-ḫair), ou um "oi" (marhaba), um tchau (maʿa s-salamah), um sim (naʿam),  um "obrigado" (šukran), e principalmente um não (lá). Se não ficou convencido, fique só com essas palavras então, ou instale o Google Tradutor no seu celular (tem que estar conectado) e ele oferece o recurso de traduzir as falas além da escrita.
Bandeira da Liga Árabe representa a língua árabe 
Você também pode comprar e levar um desses pequenos dicionários de viagem de bolso, com frases prontas. Pode ajudar bastante.
Em último caso, como por exemplo um policial parando você na estrada, ele não falando nada de inglês, nem você falando nada de árabe, e pior, sem nenhuma frase pronta para a situação e sem sinal de celular, o jeito é o famoso "mimication". É, lembrando os tempos de criança você pode conseguir se comunicar com ele. Sinais, desenhos, expressões (o corpo fala) são recursos que não devem ser desprezados. Isso já aconteceu conosco na República Tcheca e, no final, consegui entender que eu teria que comprar e colocar um selo no carro para circular pelo país. O "mimication" foi o único recurso. Aproveite e divirta-se !!

Maʿa s-salamah (Tchau)

Veja também   

 Como chegar, onde ficar, Riad Nasreen, Jemaa El-Fna, Souk, Koutoubia e mais

 Medersa Ben Youssef, Museu de Marrakech, Palais Bahia, Jardins Menara e Majorelle e mais


Marrakech, Marrocos | Dicas de viagem, entre os melhores destinos de turismo, destacando a Medersa Ben Youssef, Palácio Bahia, passeios no deserto do Saara e mais

Marrakech, Marrocos

Conheça a riqueza da Medersa Ben Youssef, escola islâmica, do Museu de Marrakech e do Palácio Bahia, saiba sobre os passeios no deserto do Saara.

Sahara - Foto de Hassan Ouatou
Passeio pelo Deserto do Saara - Marrakech, Marrocos
Já ouviram um dito popular "prá lá de Marrakech"? Pois é, prá lá de Marrakech a gente encontra a solidão do deserto do Saara.
Ao contrário do silêncio do deserto, Marrakech tem um ritmo bem próprio, com uma agitação que impressiona, especialmente na sexta-feira, o equivalente ao nosso domingo. As ruas ficam lotadas de gente, causando forte contraste com os passeios pelo deserto, ou pelo Alto Atlas.


Clique no mapa (Mais opções) para ampliar e ver os pontos em destaque neste post

Seguindo nossa exploração pela Medina, na direção nordeste ficam a Mesquita e a Medersa (escola islâmica) Ben Youssef. Foi construída no século XIV e é onde os marroquinos estudam o Alcorão. A Medersa pode ser visitada e é muito bonita, com detalhes incríveis na decoração das paredes e pisos.

Marrakech - Marrocos
Medersa Ben Youssef
Marrakech - Marrocos
Medersa Ben Youssef
Marrakech - Marrocos
Pátio da Medersa Ben Youssef
Marrakech - Marrocos
Detalhe da decoração das paredes
Marrakech - Marrocos
Detalhe da Medersa Ben Youssef
Marrakech - Marrocos
Detalhe da Medersa Ben Youssef
Em frente fica o Museu de Marrakech. O prédio é igualmente belíssimo na sua decoração e o acervo inclui peças arqueológicas (principalmente moedas islâmicas), etnográficas (cerâmicas, joia, armas, roupa, objetos de culto judaico, portas, mobília etc.), documentos históricos (caligrafia e gravuras) e arte contemporânea (de artistas marroquinos e orientalistas de outros países).

Marrakech - Marrocos
Pátio do Museu de Marrakech
Marrakech - Marrocos
Museu de Marrakech
Marrakech - Marrocos
Museu de Marrakech
Na região sudeste da cidade fica o Palácio Bahia (significa brilho), talvez o mais bonito de Marrakech, oferece trabalhos magníficos em sua decoração. Vá e contemple.

Marrakech - Marrocos
Palais Bahia
Marrakech - Marrocos


Marrakech - Marrocos

Marrakech - Marrocos

Marrakech - Marrocos

Marrakech - Marrocos

Marrakech - Marrocos

Marrakech - Marrocos

Marrakech - Marrocos

Marrakech - Marrocos

Marrakech - Marrocos

Marrakech - Marrocos
Palais Bahia, Marrakech
Marrakech - Marrocos

Marrakech - Marrocos
Palais Bahia, Marrakech
Próximo ao Palácio Bahia a gente encontra muitas charretes para passeios. O pessoal chega pedindo preços absurdos, cerca de 4 a 5 vezes mais do que um táxi. Não aceite! A estratégia é a mesma: vá embora e eles vão abaixando o preço. Mesmo que o preço chegue num bom nível, considere o calor para decidir se vai ou não. Vimos muitos turistas voltarem bem queimados.

Marrakech - Marrocos
Charretes próximas ao Palais Bahia
Para visitar Marrakech, a sugestão é para 2 ou 3 dias, conforme seu estilo mais rápido ou mais tranquilo de viajar. Para os passeios no deserto e no Alto Atlas, mais 2 ou 4 dias, se quiser dormir ou não fora da cidade.

Só depois da nossa viagem é que conhecemos o MARROCOS.COM. É um pessoal especializado em passeios pelo Marrocos, com várias opções, muitos guiados e são portugueses. Numa próxima viagem, seguramente faremos uma consulta com eles para otimizar os passeios. Fica a sugestão.
Marrakech deixou-nos uma impressão única. Experimentar os costumes e as belezas desse país árabe é algo que todo amante das viagens precisa vivenciar. Então, arrume as malas e divirta-se.

Maʿa s-salamah (Tchau)

Veja também   

 Como chegar, onde ficar, Riad Nasreen, Jemaa El-Fna, Souk, Koutoubia e mais

 Jardins Menara, Palais de Congress, Estação de trens, Jardim Majorelle e mais